Quem foram os 12 apóstolos (2023)

Apóstolo significa “enviado”. Os apóstolos foram 12 discípulos que acompanharam Jesus e tinham intimidade com Ele, recebendo um treinamento especial para anunciar o Evangelho e fundar a Sua Igreja.

Os 12 apóstolos foram:

Simão (Pedro), André, Tiago (filho de Zebedeu), João, Filipe, Bartolomeu, Tomé, Mateus, Tiago (filho de Alfeu), Tadeu (Judas), Simão (o Zelote) e Judas Iscariotes.

Existem quatro listas dos apóstolos no Novo Testamento: Mateus 10:2-4, Marcos 3:13-19, Lucas 6:13-16 e Atos dos Apóstolos 1:13.

Eles acompanharam Jesus durante Seu ministério e foram chamados para proclamar o Evangelho ao mundo. Depois de Pentecostes, eles se tornaram os líderes da Igreja Primitiva, ensinando o que tinham aprendido com Jesus e criando uma base sólida para o crescimento da Igreja.

Eles viajaram para outras terras e fundaram igrejas em muitos lugares, através dos seus testemunhos sobre Jesus e seus milagres. A maior parte das informações dos Evangelhos, provavelmente, foi fornecida pelos apóstolos.

Simão (Pedro)

Simão era um dos discípulos mais próximos de Jesus e um dos apóstolos mais atuantes na expansão do Evangelho. A Bíblia revela muitos detalhes deste pescador de peixes que se tornou pescador de homens (Lucas 5:8). Simão nasceu em Betsaida (João 1:44), filho de Jonas, ou João (João 21:15), era pescador e sócio de Tiago e João, filhos de Zebedeu (Lucas 5:10). Trabalhava às margens do Mar da Galileia, ao lado do seu irmão André, que o apresentou ao Messias (João 1:40-41).

Jesus convidou Simão para segui-lo e o apelidou de "Cefas" - nome aramaico - que corresponde a Pedro, que no grego significa "pedra", "rocha" ou "cascalho" (João 1:42). Pedro - como foi apelidado - era um homem impulsivo, bruto, inconstante e teve que ser "esculpido" por Jesus.

Em sua primeira experiência com o Mestre, após uma pesca mal-sucedida, o Senhor orientou Pedro a lançar as redes novamente. Pedro retrucou, mas obedeceu à palavra de Jesus (Lucas 5:3-5). Ao puxar a rede, pescou tamanha quantidade de peixes que quase afundaram (Lucas 5:6-7). Depois deste milagre, Pedro largou tudo e passou a seguir Jesus (Lucas 5:11).

Pedro tinha um dom para liderança e se tornou uma espécie de “porta-voz” dos discípulos. Por esse talento, foi muitas vezes colocado à prova por Jesus (Mateus 17:24-27). Pedro sempre tomava a iniciativa e não hesitava em fazer perguntas (Mateus 15:15; Mateus 18:21-22).

Pedro teve a sua sogra curada por Jesus (Mateus 8:14-15), pagou o imposto com o dinheiro encontrado na boca do peixe (Mateus 17:24-27), viu Jesus transfigurado (Mateus 17:1-2), disse que só Jesus tinha a Palavra de Vida Eterna (João 6:68) e confessou que Jesus era o Cristo (Mateus 16:16).

Com seu temperamento inconstante, teve momentos altos e baixos. Assim como andou nas águas atendendo ao chamado de Jesus, afundou ao reparar nas ondas (Mateus 14:28-31). Disse que não abandonaria Jesus (Marcos 14:29), mas acovardou- se e negou Jesus 3 vezes (João 21:15-17). Chorou amargamente, reconheceu o seu erro (Mateus 26:75) e teve a oportunidade de confessar 3 vezes que amava Jesus (João 21:15-17). Numa ocasião, agiu como uma pedra de tropeço (Mateus 16:23), mas depois se tornou uma pedra fundamental na edificação da igreja (Mateus 16:18-20).

Através do seu primeiro sermão, depois da sua genuína conversão e de receber o Espírito Santo (Atos 1:8; 2:1-4), mais de 3 mil pessoas se converteram (Atos dos Apóstolos 2:40-41). Depois, após a cura de um homem coxo de nascença, Pedro pregou a Palavra e quase 5 mil homens se converteram a Cristo (Atos dos Apóstolos 4:4). Estão atribuídas a Pedro duas cartas do Novo Testamento, 1 e 2 Pedro.

A autoridade com que pregava era a prova de sua transformação. De um homem inconstante passou a ser um forte pilar na pregação da Palavra. Pessoas de todas as redondezas procuravam o apóstolo até para que a sua sombra, ao passar sobre enfermos, os curasse (Atos dos Apóstolos 5:15-16).

Cristo profetizou a respeito da sua morte, dizendo que o apóstolo glorificaria a Deus e seguiria os seus passos até o fim (João 21:18-19). A Bíblia não revela detalhes sobre o martírio de Pedro, mas segundo a tradição, o apóstolo foi crucificado de cabeça para baixo por se recusar ser martirizado da mesma forma que Jesus.

Saiba mais: Quem era Pedro na Bíblia? e História de Pedro - Os altos e baixos na vida do apóstolo.

André

O apóstolo André era irmão de Simão Pedro (João 1:40), ambos pescadores. André era discípulo de João Batista antes de se tornar discípulo de Jesus (João 1:35-40; Mateus 4:18).

O apóstolo era galileu da cidade de Betsaida (João 1:44). Apesar de judeu, o nome André é de origem grega e não tem nenhum outro nome derivado do hebraico ou do aramaico. Quando encontrou Jesus, André tratou de apresentar o seu irmão Pedro ao Messias (João 1:41-42).

(Video) QUEM FORAM OS 12 APÓSTOLOS DE JESUS? A história e a vida dos doze apóstolos de Jesus

André é mencionado em diversos momentos importantes nos Evangelhos e era um dos discípulos mais próximos de Jesus, com o seu irmão Pedro e os discípulos João e Tiago.

O apóstolo esteve presente no Monte das Oliveiras, quando Jesus revelou sobre o final dos tempos (Marcos 13:3-4). No milagre da primeira multiplicação dos pães e dos peixes, foi André que disse a Jesus que havia um rapaz com 7 pães e 2 peixinhos (João 6:8-10).

André esteve presente na ascensão de Jesus (Atos dos Apóstolos 1:13-14) e desempenhou um papel ativo na expansão da Igreja Primitiva (Atos 6:2-4; 8:1).

Segundo a tradição cristã, André foi crucificado em Acácia numa cruz em formato de “X” chamada de “Crux decussata”, popularmente conhecida como “Cruz de Santo André”.

Ainda segundo a tradição, os ossos do apóstolo estão guardados na cidade de Pátra, na Grécia. Também há outra versão que diz que seus restos mortais se encontram na Escócia, na cidade de Saint Andrews, país que tem a “Cruz de Santo André” como símbolo na bandeira.

Tiago, filho de Zebedeu

Tiago também é tratado na tradição cristã como “Tiago, o Maior” (o mais velho) devido ao outro apóstolo, Tiago, filho de Alfeu, que é conhecido como “Tiago, o Menor”, por ser mais jovem (Marcos 15:40).

O apóstolo Tiago era filho de Zebedeu e Salomé. Era irmão do apóstolo João, ambos apelidados por Jesus de “Filhos do Trovão” ou "Boanerges" (Marcos 3:17; Lucas 9:54). Tiago trabalhava no barco do pai em sociedade com Pedro e André, e foi nas margens do mar da Galileia que se tornaram discípulos de Jesus.

Ao lado do seu irmão João e de Pedro, Tiago fazia parte dos discípulos mais chegados a Jesus. Este trio esteve presente na ressurreição da filha de Jairo (Marcos 5:37), na transfiguração (Mateus 17:1-2) e no Getsêmani (Mateus 26:36-37).

Tiago foi o primeiro apóstolo a ser martirizado e o único a ter um registro bíblico sobre tal acontecimento. O apóstolo foi morto à espada, a mando de Herodes Agripa I, por volta do ano 44 d.C (Atos dos Apóstolos 12:1-2).

Vale salientar que o Livro de Tiago não é de sua autoria. A maioria dos estudiosos atribui a autoria do Livro de Tiago, a “Tiago, o Justo”, o meio-irmão de Jesus.

João

O apóstolo João é popularmente conhecido como “o apóstolo do amor” ou “o discípulo a quem Jesus amava”, título proclamado pelo próprio (João 13:23 e João 21:20). Com Pedro e Tiago, João fazia parte do círculo íntimo de Jesus, presenciando milagres e revelações.

João era o mais jovem de todos os 12 apóstolos; era filho de Zebedeu e irmão de Tiago. Ambos foram chamados por Jesus para o discipulado e apelidados de "Boanerges", que significa "Filhos do Trovão" devido ao ímpeto arrojado dos irmãos (Marcos 3:17; Lucas 9:54).

O apóstolo escreveu o Evangelho segundo João, também conhecido como o Quarto Evangelho. Apesar de não se identificar, este Evangelho contém detalhes que somente alguém íntimo, do círculo pessoal de Jesus, poderia relatar. Além do Evangelho, o apóstolo escreveu 3 cartas que fazem parte do Novo Testamento (1, 2 e 3 João) e a revelação do Apocalipse. A alcunha de “João Evangelista” se dá por este fato.

João acompanhou Cristo até a sua crucificação. Estando na cruz, Cristo ao vê-lo, deu-lhe a responsabilidade de cuidar de Maria sua mãe (João 19:26-27). Depois de receber o Espírito Santo em Pentecostes (Atos 1:8; 2.1-4), o apóstolo pregou com autoridade e ao lado de Pedro alcançaram milhares de pessoas com a mensagem do Evangelho.

Por ordens do imperador Domiciano, João foi levado cativo para a Ilha de Patmos onde recebeu a revelação do Apocalipse (Apocalipse 1:1-2). Após a morte do imperador, o apóstolo retornou a Éfeso. Segundo a tradição, João morreu em 103 d.C. com 94 anos de causas naturais, o que era incomum na época.

Saiba mais: Quem foi João Evangelista.

Filipe

Filipe era galileu, natural de Betsaida (João 1:44). Seu nome é de origem grega - "philippos" - que significa “amante de cavalos”.

Depois de André e Pedro, Filipe foi a terceira pessoa a ser chamada por Jesus ao discipulado (João 1:43). Ao ter aceitado o chamado, Filipe falou a respeito de Jesus a Natanael, que também se tornou discípulo de Jesus (João 1:45-49).

É importante ressaltar que o apóstolo Filipe não é a mesma pessoa conhecida como "Filipe, o Evangelista" citado em Atos dos Apóstolos 6:5. São pessoas distintas, o que fica claro em Atos dos Apóstolos 8:1 quando os apóstolos - entre eles Filipe - resistiram à perseguição e permaneceram em Jerusalém. Já os outros irmãos se dispersaram pelas regiões da Judeia e de Samaria, entre eles Filipe, o Evangelista (Atos dos Apóstolos 8:4-5).

(Video) Quem Eram os Doze Apóstolos de Jesus? (Estudo Bíblico)

O apóstolo participou de muito milagres; foi a ele que Jesus testou ao perguntar-lhe como alimentaria a multidão, no episódio da primeira multiplicação dos pães e peixes (João 6:5-7). Foi Filipe que fez a ousada petição: “mostra-nos o Pai, e isso nos basta" (João 14:8).

Segundo a tradição, Filipe exerceu o seu ministério na Palestina, Grécia e na Ásia Menor, onde, na Frígia (atual Turquia) foi crucificado e apedrejado no ano 80 d.C.

Bartolomeu (Natanael)

Há poucas referências na Bíblia sobre o apóstolo Bartolomeu. Seu nome é mencionado apenas na lista dos discípulos (Mateus 10:3; Marcos 3:18; Lucas 6:14-16; Atos dos Apóstolos 1:13).

Bartolomeu vem do aramaico e significa “filho de Tolmai”. O seu nome também tem uma interpretação grega que significa “filho de Ptolomeu”. Nesta linha, muitos estudiosos acreditam que o nome Bartolomeu seja apenas uma referência patriarcal, assim como “Tiago, filho de Zebedeu” e “Tiago, filho de Alfeu”.

A partir do século IX, Bartolomeu passou a ser reconhecido pela maioria dos intérpretes como, possivelmente, o Natanael citado no Evangelho de João. Nesta linha, Natanael seria o seu nome e Bartolomeu apenas a referência patriarcal. Um vestígio que contribui para essa interpretação, está na divisão dos discípulos citados nos Evangelhos. O apóstolo Filipe fazia par com Bartolomeu nos evangelhos sinópticos (Mateus, Marcos e Lucas), e no Evangelho de João, Filipe é citado ao lado de Natanael.

Se considerarmos que Bartolomeu e Natanael sejam a mesma pessoa, obtemos, com isso, mais detalhes sobre a vida desse apóstolo. João relata no seu Evangelho a forma como o discípulo teve o seu primeiro contato com Jesus. Filipe encontrou Natanael e disse que esteve com o Messias prometido, Jesus de Nazaré (João 1:45). A reação de Natanael foi curiosa: "Nazaré? Pode vir alguma coisa boa de lá?" (João 1:46).

Ao ser desafiado por Filipe a encontrá-lo, Natanael foi surpreendido pela forma que Jesus o recebeu, dizendo: “Vejam, aí está um israelita em quem não há falsidade” (João 1:47). Embaraçado, Natanael perguntou a Jesus de onde o conhecia, e Cristo disse que antes que Filipe o chamasse, Ele o viu debaixo da figueira (João 1:48). Surpreso, Natanael professa: "Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel!" (João 1:47-49).

O apóstolo esteve na pesca milagrosa em que Cristo, ressurreto, se revelou aos discípulos (João 21:1-2) e foi citado em Atos depois da ascensão de Jesus aos céus (Atos dos Apóstolos 1:13).

Segundo alguns registros - que não estão na Bíblia - o apóstolo Bartolomeu pregou da Ásia Menor até a Índia e teria sido esfolado e crucificado de ponta a cabeça em Albanópolis, na Armênia. Há outra versão que alega que o apóstolo foi açoitado até a morte.

Tomé

O apóstolo Tomé também é conhecido na Bíblia como "Dídimo", que significa “gêmeo” em grego (João 11:16; João 20:24; João 21:2). Esta designação aponta que Tomé provavelmente teria um irmão gêmeo. Alguns intérpretes acreditam que esse irmão fosse o apóstolo Mateus, mas não há comprovação disso. A Bíblia nem identifica se esse possível irmão foi um discípulo de Jesus.

Há poucos detalhes sobre a trajetória do apóstolo. Ele é citado poucas vezes na Bíblia, apenas nos Evangelhos e numa pequena citação em Atos dos Apóstolos. Apesar de poucos detalhes, podemos perceber a personalidade de Tomé: um homem sincero, mas pessimista e incrédulo.

No episódio em que Jesus decide retornar à Judeia, sob ameaça de ser apedrejado, para ressuscitar Lázaro, Tomé faz um comentário a respeito da decisão: "Vamos também para morrermos com ele" (João 11:16).

Num segundo momento, Jesus confortava os seus discípulos a respeito da sua missão e Tomé perguntou: "Senhor, não sabemos para onde vais; como então podemos saber o caminho?". Jesus respondeu "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” (João 14:5-6).

Quando Jesus ressuscitou e se apresentou aos discípulos, Tomé não estava presente (João 20:24). Ao ser informado do extraordinário acontecimento, Tomé reagiu de forma descontente e disse que só acreditaria se visse os sinais dos cravos nas mãos de Jesus e o lado do Seu corpo que fora perfurado pela lança do soldado (João 20:25). Tomé ansiava por ver Jesus, mas a ansiedade se transformou em incredulidade.

Uma semana depois, Jesus apareceu novamente aos discípulos e Tomé estava presente. Ele mostrou as suas marcas e Tomé acreditou que o Mestre tinha ressuscitado (João 20:27-29). Jesus o repreendeu pelo fato de ter crido somente ao vê-lo dizendo: “Pare de duvidar e creia" (João 20:27).

Segundo a tradição, Tomé teria pregado o Evangelho na Síria e na Índia, onde foi martirizado em 72 d.C. Apesar de ser popularmente conhecido como “o discípulo incrédulo”, Tomé nos deixa o exemplo para crermos na Palavra de Deus em espírito e em verdade.

Mateus

Mateus era judeu, tinha boas condições financeiras e trabalhava como publicano - recolhendo os impostos para o império romano - o que era mal visto pela sociedade judaica. Foi exercendo esta função, que Jesus o chamou para segui-lo (Mateus 9:9).

(Video) Por que foram 12 apóstolos? - Augustus Nicodemus

Autor do Evangelho do mesmo nome, Mateus revelou muitos detalhes a respeito do ministério e da vida de Jesus. O apóstolo também é chamado de Levi nos Evangelhos de Marcos e Lucas (Marcos 2:13-14; Lucas 5:27-28).

Além do banquete oferecido a Jesus (Lucas 5:27-29), não há muitos detalhes a respeito do ministério de Mateus na Bíblia. Segundo a tradição ortodoxa e católica, o apóstolo teria sido martirizado na Etiópia.

Saiba mais: Quem foi Mateus.

Tiago, filho de Alfeu

Ao contrário de Tiago filho de Zebedeu, há pouquíssimos detalhes sobre a trajetória de Tiago, filho de Alfeu. Existe apenas 4 citações referentes ao apóstolo (Mateus 10:3; Marcos 3:18; Lucas 6:12-16; Atos dos Apóstolos 1:13).

Marcos Evangelista usou a expressão “Tiago, o Menor” - "mikros" em Grego - para distingui-lo do outro apóstolo de mesmo nome (Marcos 15:40). Provavelmente “Maria, mãe de Tiago” citada nos evangelhos refere-se à mãe do apóstolo, que também seguia Jesus (Mateus 27:56; Marcos 16:1; e Lucas 24:10).

A tradição católica considera que “Tiago, o Justo”, o meio-irmão de Jesus e autor da epístola de Tiago, e o apóstolo “Tiago, filho de Alfeu” como sendo a mesma pessoa, o que não pode ser provado biblicamente.

Outra teoria com pouca base é que o apóstolo Tiago seria irmão do apóstolo Mateus - chamado Levi - (Marcos 2:14). Apesar de eles terem o pai com o mesmo nome (Alfeu) essa teoria não tem comprovação bíblica ou histórica.

Assim como são controversas as informações sobre a sua vida, a sua morte também segue na mesma linha. Alguns estudiosos, como Flávio Josefo, relatam que o apóstolo morreu apedrejado.

Na tradição ortodoxa grega o apóstolo teria sido crucificado no Egito.

Tadeu (Judas)

Judas, que significa Judá, era um nome comum nos tempos de Jesus. Existem poucos detalhes sobre o apóstolo e muitas teses a respeito do seu nome.

Nos evangelhos de Mateus e Marcos, Judas é identificado como Tadeu - ou Lebeu - que significa “Judas de Tiago” (Marcos 6:3; Mateus 13:55). No Evangelho de Lucas (Lucas 6:16) e em Atos (Atos dos Apóstolos 1:13), seu nome aparece como “Judas, filho de Tiago”.

A tradição católica defende a tese que “Judas de Tiago” seria o irmão de Jesus, aquele que escreveu a Carta de Judas no Novo Testamento (Judas 1:1). Já a tradição protestante, respeita o termo literal “Judas, filho de Tiago” distinguindo de Judas, o irmão de Jesus.

Fica claro, na Bíblia, que também houve um grande esforço por parte dos escritores em diferir Judas Tadeu de Judas Iscariotes. João Evangelista utilizou a expressão “Judas, não o Iscariotes” para identificar o apóstolo (João 14:22).

Na Última Ceia, Tadeu perguntou a Jesus quando se daria a manifestação pública de Cristo ao mundo (João 14:22). Até aquele momento os discípulos não entendiam que Cristo se revelaria através do Espírito Santo.

Depois da ressurreição de Cristo, Tadeu esteve presente com os outros apóstolos em diversos momentos, como no Pentecostes (Atos 2:1-4) e na escolha de Matias para o ministério apostólico (Atos 1:13-26).

Segundo a tradição, o apóstolo Judas Tadeu teria evangelizado na Judeia, Samaria, Idumeia, Síria, Mesopotâmia e Líbia Antiga. Teria sido martirizado no ano 70 d.C., linchado a golpes de lança, machado e porrete.

Saiba mais: Quem foi Judas Tadeu.

Simão (o Zelote)

Simão, o Zelote (Marcos 3:18), também conhecido como "Simão, o Cananeu" ou "Simão, o Nacionalista", era natural de Caná da Galileia. Além da sua origem, pouco se sabe sobre o apóstolo. Tanto o termo “zelote” quanto o termo “cananeu” significam zeloso, cuidadoso.

A designação “zelote” é o que pode dar mais informações sobre esse apóstolo. Os zelotes eram uma facção judaica radical que pregava a revolução armada contra os romanos nos tempos de Jesus.

(Video) Nome dos Doze Apóstolos - Personagens Bíblicos

Os zelotes criam num Messias guerreiro e libertador político, que conquistaria Jerusalém à força. É certo que Simão mudou a sua visão ao ser discipulado por Jesus, servindo-o com fervor e zelo pela Palavra de Deus.

Não há detalhes sobre a sua morte, mas segundo a tradição católica o apóstolo foi cortado ao meio por um serrote. Nos escritos de Hegésipo, o apóstolo teria sido martirizado aos 120 anos durante o império de Trajano.

Há outras versões improváveis que alegam que ele teria sido crucificado ou teria sido queimado numa fogueira, na Armênia.

Veja também: Quem eram os Zelotes na Bíblia.

Judas Iscariotes

Judas Iscariotes foi o discípulo que traiu Jesus Cristo. Judas era filho de Simão Iscariotes (João 6:71). Seu nome está ligado ao seu lugar de origem: “Judas, homem de Quiritote”, cidade citada no Antigo Testamento (Jeremias 48:24; Jeremias 48:41; Amós 2:2).

Curiosamente, Judas, depois de Pedro, é o discípulo com o maior número de citações nos evangelhos (20 vezes). Outro detalhe, é que seu nome foi sempre mencionado por último, entre os discípulos.

Judas Iscariotes estava encarregado da administração do dinheiro (João 13:29). Apesar de tal responsabilidade, o discípulo costumava roubar os valores recolhidos (João 12:6).

Foi Judas Iscariotes que ofereceu um plano aos sacerdotes para entregar Jesus (Marcos 14:10-11; Lucas 22:4-6). Em troca, Judas recebeu uma quantia de 30 moedas de prata (Mateus 26:14-16).

Na celebração da Páscoa - a Última Ceia - Jesus falou que seria traído por alguém que estava à mesa (Mateus 26:20-22). Judas rapidamente se defendeu dizendo: "Com certeza não sou eu, Mestre!", Jesus afirmou: "Sim, é você" (Mateus 26:25). A traição foi consumada na mesma noite no Getsêmani. Judas, ao lado de líderes religiosos, beijou Jesus entregando-O para ser preso e morto (Mateus 26:47-49; Marcos 14:43-46).

Com remorso, Judas tentou devolver o dinheiro aos sacerdotes, o que foi rejeitado (Mateus 27:3-4). Dominado pela culpa, Judas jogou o dinheiro dentro do templo e, saindo, enforcou-se. (Mateus 27:5).

Com as moedas descartadas, os sacerdotes compraram um terreno e fizeram um cemitério para estrangeiros chamando de “Campo de Sangue”, visto que foi comprado com preço de sangue (Mateus 27:6-8).

Em Atos dos Apóstolos 1:18, Lucas Evangelista diz que Judas adquiriu o campo e morreu no mesmo lugar de forma trágica, cumprindo o que fora dito pelo profeta Jeremias (Mateus 27:9-10).

Provavelmente os relatos se complementam. Judas devolveu o dinheiro aos sacerdotes, que teriam comprado, em seu nome, o campo onde ele se enforcou.

Veja: Quem foi Judas Iscariotes.

Houve outros apóstolos?

Sim, houve mais apóstolos. Depois que Judas Iscariotes, que traiu Jesus, cometeu suicídio, os outros apóstolos lançaram sortes para escolher uma pessoa para tomar o seu lugar. A pessoa escolhida foi Matias, que também tinha acompanhado Jesus durante todo o Seu ministério (Atos dos Apóstolos 1:26).

Paulo de Tarso também foi considerado um apóstolo. Ele não acompanhou o ministério de Jesus, mas O viu ressurreto e glorificado em uma visão. Ele se converteu e pregou o Evangelho aos gentios. Seu trabalho foi reconhecido como o trabalho de um apóstolo (Atos dos Apóstolos 14:14).

Sabia mais: Quem foi o Apóstolo Paulo.

Ainda há apóstolos?

O título de apóstolo está ligado diretamente a pessoas que viram Jesus quando estava na terra. Atualmente, o nome apóstolo é utilizado fora do contexto original e não há controle sobre a utilização do termo.

Em Efésios 4:11 o termo "apóstolo" aparece na lista dos dons ministeriais. Precisamos fazer uma distinção entre o dom de apóstolo e os apóstolos escolhidos por Jesus em seu ministério terreno. Apóstolos no sentido original, daquele grupo de discípulos chamados por Jesus para pregar o Evangelho, não existem mais em nossos dias. Mas, o Senhor ainda hoje capacita crentes com o dom de apóstolos para lançarem as bases do Evangelho em um determinado local ou cultura. Esse dom é fundamental para um missionário que trabalha no estabelecimento de igrejas.

(Video) JOÃO | Série Os 12 apóstolos de Jesus I Lamartine Posella

Provavelmente é esse o caso de Barnabé, Andrônico e Júnias, que são citados como apóstolos (Romanos 16:7). Não sabemos se eles estiveram pessoalmente com Jesus, mas, com certeza, estiveram com os primeiros apóstolos e espalharam o Evangelho com a mesma autoridade.

Ainda assim, todo o cristão é enviado por Jesus para anunciar o Evangelho às pessoas em volta. Quem obedece a esse mandamento segue nos passos dos apóstolos, que deram tudo para que muitas pessoas conhecessem Jesus.

Veja também: A história real de Jesus Cristo.

FAQs

Por que foram chamados 12 apóstolo? ›

Os apóstolos têm a responsabilidade de cimentar a Igreja na pessoa de Jesus Cristo. Ele escolheu doze para que estivessem com ele, para que anunciassem como ele o evangelho e expulsassem os espíritos maus.

Qual a ordem dos apóstolos? ›

Os doze. Os apóstolos nomeados em Marcos 3:16-19 são Pedro, Tiago, João, André, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Tomé, um segundo Tiago, Tadeu, Simão, o Zelote e finalmente Judas Iscariotes.

Quem foi o primeiro apóstolo de Cristo? ›

Humilde, pescador deixou sua mulher e família para seguir Jesus Cristo.

Como os apóstolos foram chamados? ›

Os colaboradores de Jesus tinham nome: “Simão, a quem impôs o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota; Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor”.

Quem foi o criador da Bíblia? ›

Os 5 primeiros livros do Antigo Testamento (que no judaísmo se chamam Torá e no catolicismo Pentateuco) teriam sido escritos pelo profeta Moisés por volta de 1200 a.C. Os Salmos seriam obra do rei Davi, o autor de Juízes seria o profeta Samuel, e assim por diante.

Como foi a escolha dos 12 apóstolos? ›

O Mestre os escolheu; eles não se escolheram a si próprios; foram ordenados por Ele, a e por isso, confiavam implicitamente em Sua orientação e apoio. Muito lhes foi dado; muito deles foi exigido. Com uma única exceção, todos eles se tornaram luzes brilhantes do reino de Deus e justificaram a escolha do Mestre.

Quem foi o sucessor de Jesus Cristo? ›

Pedro é considerado pelos católicos como o primeiro papa e reverenciado por propagar a palavra de Jesus Cristo ao longo de 37 anos. De acordo com o Anuário Pontifício, publicado pelo Vaticano, seu sucessor foi Lino.

Quem foi escolhido para ser apóstolo no lugar de Judas? ›

Matias, o apóstolo “póstumo”. É assim chamado porque surgiu depois da morte do apóstolo Judas Iscariotes, o traidor. Alguns teólogos se referem à ele como o décimo terceiro apóstolo, pois foi eleito para ocupar esse posto, conforme consta dos Atos dos Apóstolos, na Bíblia.

Qual é a função de um apóstolo? ›

Significado de Apóstolo

substantivo masculino Cada um dos doze discípulos de Cristo, encarregados de pregar o Evangelho, os ensinamentos de Jesus. Missionário que deixa as vontades de lado para viver em função de propagar sua fé; pregador, missionário.

Por que Paulo é chamado de apóstolo? ›

Foi inspirado por Deus para escrever a escritura e lançar o fundamento da Igreja; Foi interprete autorizado do Antigo Testamento; Deus lhe revelou verdades ocultas; Ele desvenda mistérios nas suas cartas.

Porque Pedro foi morto? ›

Segundo relatos aceitos pela Igreja Católica, Pedro viveu em Roma, onde, segundo a tradição, foi morto por ordem de Nero, no ano 67 da Era Cristã. Pedro foi crucificado de cabeça para baixo, segundo seu desejo, pois não considerava digno de morrer como seu mestre.

Porque Paulo disse que era fariseu? ›

Ele fazia seu trabalho por zelo, mas de maneira violenta, sem discernimento. Era um fariseu que buscava a verdade, mas fechado à Verdade Encarnada.

Qual foi a primeira igreja católica fundada no mundo? ›

Basílica e Catedral de Roma, a primeira de todas as igrejas do mundo, ela é o primeiro sinal exterior e sensível da vitória da fé cristã sobre o paganismo ocidental.

Quem era o homem que Deus prometeu que não morreria sem ver o salvador? ›

25Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. antes de ver o Messias que vem do Senhor.

Por que os cristãos são chamados de cristãos? ›

Considerados seguidores do Messias o Ungido (em grego Christós), a administração romana querendo distingui-los dos judeus, aos quais eles não se identificavam totalmente, acrescentaram o morfema latino de adjetivo e passaram a chamá-los de “cristãos”: aqueles que professam a religião de Cristo.

Onde se encontra a verdadeira Bíblia? ›

Desde a descoberta, ainda no ano 2000, o livro teria sido mantido em segredo absoluto na cidade de Antara por líderes católicos. Peritos avaliaram o livro e garantiram que o artefato é original. A Bíblia, é toda feita em couro e escrita em um dialeto do aramaico, língua que era falada por Jesus.

Qual foi a primeira Bíblia do mundo? ›

Acredita-se que a Bíblia de Gutenberg foi concluída no ano de 1455 e se tornou o primeiro grande livro feito na Europa com uma prensa de tipos metálicos móveis.

Qual é o nome do livro mais antigo do mundo? ›

A Epopeia de Gilgamesh (São Paulo: Autêntica, 2017) é uma obra cuja origem, estima-se, em 4 mil anos, já que foi escrita mais ou menos 2 mil anos a.C. O “documento” que deu resultou no livro que hoje conhecemos ficou soterrado desde o incêndio, em 612 a.C., que devastou a Biblioteca de Nínive.

Onde fala na Bíblia sobre os 12 apóstolos? ›

At 1,8). Esse poder de Deus que faz falar (At 2,1-11) e agir à imitação de Cristo é dom de Deus. A lista com o nome dos doze apóstolos não tem por finalidade limitar a missão a eles, mas dizer à Igreja do futuro que a missão deve estar enraizada na declaração das testemunhas oculares de tudo o que Jesus fez e ensinou.

Quantos diáconos tem na Bíblia? ›

São os sete: Estevão, Filipe, Prócoro, Nicanor, Timão, Parmenas e Nicolau.

Como era o nome de Paulo antes de se encontrar com Jesus? ›

Antes de se converter ao Cristianismo era conhecido como Saulo e perseguia os discípulos de Jesus nos arredores de Jerusalém. São Paulo, Apóstolo nasceu em Tarso, na Cilícia (hoje uma região da Turquia), no ano 5 da era cristã.

Qual é o nome completo de Jesus? ›

O nome que se refere a Jesus, o Salvador, aparece escrito na Bíblia ora como Yeshua, ora como Yehoshua.

Qual foi o ano que Deus nasceu? ›

Jesus teria nascido entre 9 de março e 4 de maio do ano 5 antes de Cristo.

Qual é a idade de Jesus? ›

De acordo com Carneiro, Jesus teria nascido por volta do ano 4 a.C e morrido por volta do ano 27 ou 29 d.C. - assim batendo com as figuras históricas da época citadas em passagens bíblicas.

Quem são os apóstolos nos dias de hoje? ›

Hoje, há mais uma vez apóstolos de Jesus Cristo na Terra. Assim como antigamente, os apóstolos da atualidade são chamados por Deus. Eles possuem uma autoridade especial do sacerdócio para agir em nome de Deus e, viajam pelo mundo ensinando às pessoas sobre Jesus.

Como foi o fim de Judas Iscariotes? ›

Há mais de dois mil anos, segundo a tradição católica e ortodoxa, Judas Iscariotes, um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, ao invés de proteger o mestre, por trinta moedas de prata entregou-o aos que tentavam capturá-lo e, assim, contribuiu diretamente para sua morte (Lucas 6: 13-16). Judas, arrependido, enforcou-se.

Quem foi a mãe de Judas? ›

Qual apóstolo trabalhar mais? ›

Paulo, um apóstolo de Jesus Cristo, condenou a ociosidade e incentivou o trabalho. Segundo o teólogo, ele e seus companheiros de missão, fizeram questão de trabalhar quando evangelizaram os tessalonicensses, “Vocês sabem muito bem que devem seguir o nosso exemplo, pois não temos vivido entre vocês sem trabalhar.

Qual é o ministério dos apóstolos? ›

O Apóstolo trabalha diretamente com os outros quatro ministérios, na maior parte das vezes, dando ideias e os liderando. O Apóstolo tem como missão, expandir ainda mais o evangelho, criando maneiras diferentes de levá-lo para mais e mais pessoas. Os grandes líderes e mentes da Igreja, em sua maioria, são apóstolos.

Quem ensinou Paulo a fazer tenda? ›

Em Atos dos Apóstolos 22, 3, Lucas afirma que Paulo foi trazido a Jerusalém e instruído aos pés de Gamaliel, “educado em toda a observação da Lei de nossos pais”.

Quantos anos tinha Paulo quando Jesus morreu? ›

Nessa ocasião, ele tinha cerca de 40 anos.

Qual foi a primeira carta do apóstolo Paulo? ›

I Coríntios

Porque o apóstolo Paulo foi morto? ›

De acordo com a tradição cristã, São Paulo foi decapitado no ano 64 por ordem do imperador Nero. Como ele era cidadão romano, não podia ser crucificado. É costume nas imagens religiosas que os mártires segurem o objeto com o qual foram mortos.

Quem matou Pedro e Paulo? ›

E outros textos, também do fim do século 1 e começo do século 2, dão conta de que tanto Paulo quanto Pedro foram mortos durante a perseguição contra os cristãos ordenada pelo imperador Nero entre os anos 64 e 67.

Qual é o nome do irmão de Barrabás? ›

São Simão, também chamado Zelote, nasceu em Caná, na Galileia.

Como foi a morte de Lucas? ›

Morte. Existem várias versões sobre a morte de São Lucas: de acordo com algumas ele foi martirizado em Patras e, segundo outros, em Roma, ou ainda em Tebas. A tradição diz que ele morreu como mártir pendurado em uma árvore na Acaia, no ano 84.

Quem são os judeus segundo a Bíblia? ›

A história judaica começou há cerca de quatro mil anos (cerca do século XVII AEC) com os patriarcas: Abraão, seu filho Isaac e seu neto Jacó. Documentos encontrados na Mesopotâmia, datados de 2000 a 1500 AEC, confirmam aspectos de sua vida nômade, tal como descrito na Bíblia.

Quem são os saduceus? ›

Os saduceus (em hebraico: צְדוּקִים Ṣĕdûqîm bnê Sadôq, "zadoquitas" ou "sadoquitas"; em grego: Saddoukaios) eram uma seita ou um grupo de judeus presente na Judeia durante o período do Segundo Templo, desde o século II a.C. até a destruição do Templo em 70 d.C. A seita foi identificada por Flávio Josefo com o alto ...

O que os fariseus ensinavam? ›

Os fariseus eram um grupo de judeus muito religiosos, integrantes de um partido formado entre os judeus, que defendiam rigorosamente a observância da lei. Os fariseus se dedicavam ao estudo e observância da Lei mosaica e suas tradições, especialmente o sábado, a pureza ritual e os dízimos.

Quem é o fundador da igreja evangélica? ›

O movimento protestante surgiu na tentativa de reformar a Igreja Católica, iniciada pelo monge agostiniano Martinho Lutero, no século XVI.

O que quer dizer a palavra católico? ›

1. Relativo à religião que reconhece o papa por chefe universal, geral. 2.

Qual é o nome do fundador do cristianismo? ›

Em termos técnicos, o cristianismo é uma religião monoteísta que há cerca de dois mil anos se derivou do judaísmo na região do Oriente Médio. Sua figura central é a de Jesus, que se acredita ser o Filho de Deus, a encarnação humana da própria Divindade.

Quem é o autor do livro de Romanos? ›

O Apóstolo Paulo é o autor da Epístola aos Romanos (ver Romanos 1:1). Ao escrever essa epístola, Paulo usou a ajuda de um escrevente, Tércio, que escreveu sua própria saudação aos santos romanos quase no final da epístola (ver Romanos 16:22).

O que quer dizer quem me livrará do corpo desta morte? ›

Percebe-se, portanto, que, nas discussões de Orígenes contra Celso, a expressão “livrar-se do corpo desta morte” significa principalmente entregar a vida por amor ao evangelho e submeter o corpo à purificação de suas propensões para o pecado. pensar nas coisas do alto porque sua vida já está oculta em Cristo.

Onde abundou o pecado superabundou a graça de Deus? ›

20A Lei interveio para fazer proliferar a falta, mas, onde abun- dou o pecado, superabundou a graça. 21E deste modo, tal como o pecado reinava dando a morte, assim também reinará a graça que concede justiça [um indulto de perdão] para vida eterna, por Jesus Cristo, Senhor nosso.

O que significa o nome de Jesus Cristo? ›

Cristo significa redentor, messias.

Do latim “Christu”, derivado do grego “Khristós”, que significa “ungido”, que por sua vez deriva do hebraico “Mashiach” que significa “Messias”. Cristo é uma expressão usada para descrever aquela pessoa que é vítima de maus tratos, de perseguições e zombaria.

Qual é a origem da palavra Cristo? ›

EtimologiaEditar

Do latim christus(la) e este do grego antigo Χριστός (christós), expressão que significa: "o Ungido". É um vocábulo sinonímico de "Messias", derivado do hebraico mashiach ("o ungido"), cuja raíz encontra-se no verbo hebraico mashach ("ungir").

Onde aconteceu o primeiro milagre de Jesus? ›

A cidade de Qana al Jalil, que fica a 85 quilômetros de Beirute, ao sul de Tiro, é para os libaneses o local das "Bodas de Canaã", onde Jesus Cristo realizou seu primeiro milagre, transformando a água em vinho durante um casamento.

O que significa ser um apóstolo? ›

1. [ Religião ] Cada um dos doze discípulos de Jesus. 2. [ Religião ] O que foi o primeiro a pregar o Cristianismo num país.

O que significa apóstolo e discípulo? ›

Seguidor, ensinado para discipular; para ensinar as boas novas de Jesus.

Qual é o sinônimo de apóstolo? ›

6 sinônimos de apóstolo para 2 sentidos da palavra apóstolo: 1 pregador, missionário, enviado. 2 evangelista, evangelizador, propagador.

Quem foi escolhido para ser apóstolo no lugar de Judas? ›

Matias, o apóstolo “póstumo”. É assim chamado porque surgiu depois da morte do apóstolo Judas Iscariotes, o traidor. Alguns teólogos se referem à ele como o décimo terceiro apóstolo, pois foi eleito para ocupar esse posto, conforme consta dos Atos dos Apóstolos, na Bíblia.

Quem são os apóstolos nos dias de hoje? ›

Hoje, há mais uma vez apóstolos de Jesus Cristo na Terra. Assim como antigamente, os apóstolos da atualidade são chamados por Deus. Eles possuem uma autoridade especial do sacerdócio para agir em nome de Deus e, viajam pelo mundo ensinando às pessoas sobre Jesus.

Por que Paulo é chamado de Apóstolo? ›

Foi inspirado por Deus para escrever a escritura e lançar o fundamento da Igreja; Foi interprete autorizado do Antigo Testamento; Deus lhe revelou verdades ocultas; Ele desvenda mistérios nas suas cartas.

Por que os apóstolos antes de seus nomes tem a palavra são? ›

Por uma questão de sonoridade na pronúncia. Os portugueses foram os responsáveis por criar essa abreviação de “santo”, e a invenção acabou sendo exportada para cá quando o catolicismo chegou em nossas terras, no século 16, trazido pelos jesuítas.

Qual é a origem da palavra apóstolo? ›

Do grego απόστολος (enviado).

Qual era o nome do apóstolo Paulo? ›

Filho de uma família judaica da tribo de Benjamim, que gozavam dos privilégios da cidade romana, o nascer, recebeu o nome de Saulo (do hebreu), que mais tarde alterou para Paulo (do latim), depois da conversão e do batismo.

Qual é a diferença entre apóstolo e missionário? ›

Para mim, nos dias atuais o apóstolo é o chamado Missionário, que ora está num lugar, ora vai para outro, pois, sua missão é estar nos locais onde se faz mais necessário e que ora é aqui e ora é ali e ora é acolá! Enfim, até que me provem o contrário, não vejo diferença entre Missionário e apóstolo!

O que é o discipulado? ›

Significado de Discipulado

substantivo masculino Reunião de discípulos, alunos ou aqueles que seguiam Jesus. Grupo composto pelos alunos ou pelos estudantes de uma escola. O período de tempo em que alguém é discípulo. Aprendizado; estado de quem é discípulo.

O que significa Apostellein? ›

No grego a palavra Apostellein”Apóstolo” significa aquele que é enviado, mensageiro ou embaixador.

Como escrever quanto? ›

Quando usar em quanto? Em quanto é uma sequência formada pela preposição em e pelo pronome quanto, que pode ser indefinido, relativo ou interrogativo. Esta sequência é usada para obter informação sobre a quantidade, o preço e a intensidade de algo.

Quem foi o décimo segundo apóstolo de Jesus? ›

Biografia de São Matias - eBiografia.

Como foi o fim de Judas Iscariotes? ›

Há mais de dois mil anos, segundo a tradição católica e ortodoxa, Judas Iscariotes, um dos doze apóstolos de Jesus Cristo, ao invés de proteger o mestre, por trinta moedas de prata entregou-o aos que tentavam capturá-lo e, assim, contribuiu diretamente para sua morte (Lucas 6: 13-16). Judas, arrependido, enforcou-se.

Quem foi a mãe de Judas? ›

Videos

1. A PROFISSÃO DE CADA APÓSTOLO DE JESUS CRISTO | 12 Apóstolos
(O PODER DA FÉ)
2. Foram doze apóstolos
(Culto no lar para crianças - Família Morais)
3. Quem Foram os 12 Apóstolos
(Edu Paulo)
4. VEJA COMO MORRERAM OS 12 APÓSTOLOS DE JESUS CRISTO
(Canal Top10)
5. QUEM FORAM OS 12 APÓSTOLOS DE JESUS ?
(Uma Palavra de Deus)
6. DESCUBRA COMO MORRERAM OS 12 DISCÍPULOS E APÓSTOLOS DE JESUS CRISTO
(Pastor Antônio Júnior)
Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Francesca Jacobs Ret

Last Updated: 12/20/2022

Views: 6248

Rating: 4.8 / 5 (68 voted)

Reviews: 83% of readers found this page helpful

Author information

Name: Francesca Jacobs Ret

Birthday: 1996-12-09

Address: Apt. 141 1406 Mitch Summit, New Teganshire, UT 82655-0699

Phone: +2296092334654

Job: Technology Architect

Hobby: Snowboarding, Scouting, Foreign language learning, Dowsing, Baton twirling, Sculpting, Cabaret

Introduction: My name is Francesca Jacobs Ret, I am a innocent, super, beautiful, charming, lucky, gentle, clever person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.